Olhar Belém através da fotografia artesanal pinhole é o mote da próxima ação da Fotoativa junto às comunidades do seu entorno e discutir o que é Patrimônio.

 

Olhar é cuidar. Pensar juntos sobre nossos Patrimônios, por meio de imagens e diálogos é o objetivo desta ação, que busca a construção de pontes de contato com as comunidades do entorno do Porto do Sal e do Ver-O-Peso, e dos Pontos de Cultura da região metropolitana de Belém. O projeto que dá continuidade às ações comunitárias da Fotoativa, conta com a parceria da Rede Casas de Patrimônio, ligada ao Instituto do Patrimônio Histórico – IPHAN, da qual a Fotoativa é parte.

“Vamos utilizar a pinhole para olhar Belém de forma diferente. A gente tem muito o olhar de que o patrimônio são prédios ou monumentos, mas será que é só isso? O patrimônio de Belém vai muito além do que olhamos como clichê”, diz Mireille Pic, co-coordenadora do Núcleo de Formação e Experimentação da Fotoativa. Ela explica que as ações pretendem estimular trocas e escutar que patrimônios ressonam dentro de cada comunidade, no intuito de descobrir outras relações de afeto das pessoas com a cidade.

 


Mini Pinhole Elétrico. Foto: Adriele Silva da Silva

 

Oficina de Mini Pinhole Elétrico

As oficinas de Mini Pinhole Elétrico surgem como uma alternativa à mini pinhole, feita de tubinhos de filme, que já estão em extinção. As Mini Pinhole Elétrico são câmeras que respeitam as mesmas medidas, mas que serão feitas pelos seus participantes a partir de materiais hidráulicos e elétricos, encontrados em qualquer loja de material de construção. E a partir disso todos serão convidados a experimentar a produção de imagens fotográficas olhando cuidadosamente para a nossa cidade, Belém.

Serão ofertadas quatro oficinas, com 15 vagas cada, sendo a primeira destinada aos jovens da comunidade do Porto do Sal, em parceria com o Coletivo Aparelho. Na sequência haverão duas turmas com vagas prioritárias para crianças, jovens, adultos e idosos das comunidades do Ver O Peso, Centro Histórico e demais interessados. Por fim, uma oficina destinada aos Pontos de Cultura que tiverem interesse juntamente com educadores das escolas públicas e privadas a serem multiplicadores não apenas da técnica pinhole, mas dessa provocação a olhar a cidade e seus patrimônios.

 


Foto: Josianne Dias

 

Na comunidade do Porto do Sal

As oficinas no Porto do Sal dão continuidade à parceria que vem se constituindo desde o Pinhole Day Belém “A.TEM.PO.RAL” entre a Fotoativa e o Coletivo Aparelho. A arteducadora Débora Oliveira explica que a atividade “é mais uma possibilidade de aprofundar as experiências e sensibilizar as crianças e jovens que vivem na região do Porto do Sal, exercitando os sentidos de confiança, de reconhecimento, enquanto sujeitos de si e de sua comunidade”.

Anne Dias, que também é co-coordenadora do Núcleo de Formação e Experimentação da Fotoativa e co-gestora do Coletivo Aparelho, complementa afirmando “a potência de estar juntos no contexto da criança, que diante da falta de oportunidades, de acessos aos bens e meios culturais e ao lazer, experimentam em seu próprio lugar a possibilidade de fazer parte, de ser patrimônio daquele lugar”, afirma a arteducadora.

Metodologicamente, cada atividade é pensada intercalada por dinâmicas em uma experiência de convivência e de contato entre crianças e crianças, e também de crianças com adultos, desenvolvendo atividades artísticas, experiências sensoriais do sentir, e do acesso às memórias e às paisagens, partindo da formação da imagem até chegar à fotografia.

A atividade atende públicos que moram historicamente no Beco do Carmo, no Beco da Malvina, e moradores do entorno no bairro da Cidade Velha, “uma experiência coletiva, de convivência e de trocas interculturais e intergeracionais super importante para reconstruir a nossa cidade”, afirma Anne Dias.

 

 

SERVIÇO

Olhar Belém com vivências fotográficas artesanais

Inscrições gratuitas no link https://goo.gl/7jl9g1
ou no Casarão Fotoativa, das 13 às 19h.

Confira a agenda:

Turma da Manhã – 14, 15 e 16 de Junho de 2017, de 9h às 13h.

Turma da Tarde – 21, 22 e 23 de Junho de 2017, de 13h às 17h.

Educadores, multiplicadores e Pontos de Cultura – 24 e 25 de Junho de 2017, de 9h às 16h.

 

Release por Yvana Crizanto e José Viana
A marca do projeto foi construída a partir dos desenhos em Pincel de Luz de Priscila Porto durante as micro-oficinas do Circular e do projeto Ver-O-Peso das Águas.

 

INSCREVA-SE AQUI

 


Postado por

Fechado para comentários.

http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-2.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22142.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22136.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22138.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-.html