A PROPOSTA

Guy Veloso exibe em workshop seu percurso de mais de 25 anos de fotografia, passando pelos projetos que resultaram mostras nacionais e internacionais, em especial, o ensaio “Penitentes” exibido na 29ª Bienal de São Paulo. O fotógrafo comumente faz workshops e palestras no país e exterior.

 

DO POÉTICO AO PRÁTICO

Destinado a fotógrafos e estudantes avançados de fotografia. A parte técnica não é abordada, e sim, a construção de um projeto temático de média e longa duração, desde a sua concepção, passando por fases como a pesquisa, saída a campo, exibição, até a pós-produção. Totalmente prático.

Os participantes são estimulados a identificarem temas para ensaios fotográficos, como também formas de abordagem e ética para com os personagens, além de contarem com informações sobre como valorizar e editar um portfólio e produzir projetos para salões e concursos.

Ministrado desde 2011, com mais de 100 alunos, algumas de suas turmas formaram Coletivos Fotográticos que hoje realizam exposições. Um deles, “Somos o Norte”, produziu a primeira exposição feita no país sobre as históricas manifestações ocorridas em junho de 2013.

 

 

PERÍODO

31 de agosto, 1 e 2 de setembro de 2017

Quinta e sexta, das 19h às 22h, Sábado, das 10h às 13h

 

CARGA HORÁRIA

9 horas/aula (com certificado)

 

PROGRAMA

1º Dia: Os participantes são estimulados a identificarem temas de ensaios fotográficos. Técnicas de abordagem de personagens e medidas de segurança. Pesquisa e a pré-produção de um ensaio de média ou longa duração.

2º Dia: Produção prática de um ensaio. Dados sobre saída a campo. Exibição e pós-produção. Técnicas de edição e curadoria.

3º Dia: Informações sobre como valorizar e editar um portfólio e produzir projetos para concursos. Postura perante curadores, colecionadores etc. durante a apresentação de portifólio e leituras. Opcional: análise coletiva de portfólios documentais com no máximo de 20 fotos por aluno (trazer material impresso ou editado em PowerPoint/2007).

 

INVESTIMENTO

R$200 parcelado em até 3 vezes no cartão de crédito

 

O QUE LEVAR

Não necessita câmera.

Opcional: levar ensaio fotográfico documental/pessoal de até 20 imagens já editado (impresso ou em formato digital). Optando por arquivos digitais, levar um pen-drive com as imagens em Powerpoint/2007.

Às mães e pais: poderão levar seus filhos pequenos.

 

 

SAIBA MAIS

Críticas ao trabalho de Guy Veloso

Veja a homenagem feita pelo grupo ao professor em 2013

Vídeo sobre curso dado em Brasília na Três Olhares

Vídeo sobre a primeira exposição no país sobre as manifestações de 2013

Catálogo “Penitentes” da 29ª Bienal de SP

Textos e matérias

 

 

GUY VELOSO

Nasceu (1969) e trabalha em Belém-PA, metrópole de 1,5 milhões de habitantes no coração da Amazônia. De formação acadêmica em Direito (1991), é fotógrafo desde 1989 com diversas publicações e mostras nacionais e internacionais.

A convite dos curadores Agnaldo Farias e Moacir dos Anjos participou da 29a Bienal Internacional de São Paulo/2010.

Foi curador-chefe de Fotografia Contemporânea Brasileira na XXIII Bienal Europalia Arts Festival, Bruxelas-Bélgica, 2011/12.

Artista convidado para a Biennial of the Americas/2017, Museo de las Americas, Denver-Colorado, Estados Unidos.

Compõe os acervos Essex Collection of Art from Latin America (ESCALA), Colchester-Inglaterra; Coleção Nacional de Fotografia, Centro Português de Fotografia, Porto-Portugal; Bilioteca Nacional, Rio de Janeiro; Museu da Fotografia de Curitiba; Banco de Dados Itaú Cultural – Projeto Rumos, 1ª edição; MABE-Museu de Arte de Belém-PA; Coleção Joaquim Paiva/Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro; MAR- Museu de Arte do Rio; MAM-Museu de Arte Moderna de São Paulo e Pirelli / MASP.

Saiba mais sobre o Guy em seu site fotografiadocumental.com.br

 

DEPOIMENTOS DE ALUNOS

“O melhor curso que fiz até hoje! Divisor de águas na minha construção narrativa fotográfica” – Éden Barbosa, Fortaleza-CE.

O Workshop ele abre o processo criativo e todo o modo de planejamento de um processo documental. Se conhecer alguém que esteja nessa vibe documental e tal pode indicar que é muito bom” – Diego Murray, Rio de Janeiro.

“Obrigada por ensinar que arte acima de tudo é ser humilde. Adorei todo conhecimento que passou e gostei mais ainda da simplicidade que falaste. Sabe, pessoas como você quebram preconceitos em relação a pensar que todo curador é carrasco. Estou começando e tu me ensinou a mesmo no início ter sonhos e correr atrás, ser pretensiosa não é ser metida ou arrogante, é correr atrás dos objetivos. Direi com o maior orgulho que tive a oportunidade de ser monitora de um grande artista que carrega com o mesmo peso o sucesso e a simplicidade” – Márilin Ferreira, São Paulo-SP.

“Do Poético ao Prático – Fotografia Documental” foi, sem sombra de dúvidas, um dos melhores investimentos que fiz na fotografia. O entusiasmo e a paixão com que Guy fala de seu trabalho, tais como as técnicas de abordagem ensinadas, as maneiras de organizar e destacar seus projetos pessoais, os debates sobre mercado da arte e como divulgar seu trabalho, os ensinamentos de como ser respeitoso e retratar a essência do fotografado e, principalmente, a generosidade do fotógrafo em compartilhar suas experiências constituíram um imensurável enriquecimento para minha formação. Entrei lá preenchido de certezas sobre minhas ideias, adotando uma postura pessimista, sabendo todos os limites e lugares que poderia alcançar, e saí de lá extremamente desconstruído, esperançoso e desafiando todas as barreiras que travavam meu crescimento. Um curso que ensina a olhar com profundidade – para os outros e para si mesmo” – Lucas Gibson, Rio de Janeiro.

 

Inscrições aqui

 

 


Postado por

Fechado para comentários.

http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-2.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22142.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22136.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22138.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-.html