A PROPOSTA

São 61 anos de fotografia e 80 anos de vida que serão compartilhados em três dias de workshop com o mestre Walter Firmo. Walter vai compartilhar um pouco de sua trajetória na fotografia, que passa pela tese do ladrão, do engenheiro e do invisível, em aulas teóricas e práticas.

 

PERÍODO

04 à 06 de Outubro de 2017
Quarta à sexta, de 9h às 12h.

 

CARGA HORÁRIA

9 horas/aula (inclui certificado)

 

 

PONTOS ABORDADOS

– O retrato;

– A composição e criatividade na cor;

– Tese: o Ladrão , o engenheiro e o invisível;

– Os sete Ases de ouro que influenciaram o meu processo criativo e formativo;

– Surrealismo;

– Grafismo.

 

CRONOGRAMA

04/10/2017 – Aula expositiva com projeção de imagens;

05/10/2017 – Saída fotográfica;

06/10/2017 – Análise do material fotográfico produzido.

 

INVESTIMENTO

R$220 em até 2x

 

REQUISITO

Interesse e disponibilidade.

 

 

 
WALTER FIRMO

Walter Firmo Guimarães da Silva (Rio de Janeiro RJ 1937). Fotógrafo, jornalista e professor. Autodidata, inicia sua carreira como repórter fotográfico no jornal Última Hora, no Rio de Janeiro, em 1957. Em seguida, trabalha no Jornal do Brasil e integra a primeira equipe da revista Realidade, lançada em 1965. Conquista o Prêmio Esso de Reportagem, em 1963, com a matéria Cem Dias na Amazônia de Ninguém. Como correspondente da Editora Bloch, em 1967, permanece por seis meses em Nova York. A partir de 1971, atua na área de publicidade, sobretudo para a indústria fonográfica. Nessa época, conhecido por suas fotos coloridas e por retratar importantes cantores da música popular brasileira, inicia pesquisas sobre festas populares e folclore nacional. Entre 1973 e 1982, é premiado sete vezes no Concurso Internacional de Fotografia da Nikon. Fotografa para as revistas Veja e IstoÉ e, nos anos 1980, começa a expor seus trabalhos em galerias e museus. De 1986 a 1991, é diretor do Instituto Nacional de Fotografia da Fundação Nacional de Arte – Funarte. Em 1994, leciona no curso de jornalismo da Faculdade Cândido Mendes, no Rio de Janeiro, e, desde então, coordena oficinas em todo o Brasil. Ganha a Bolsa de Artes do Banco Icatu, em 1998, com a qual vive durante meio ano em Paris. No fim da década de 1990, torna-se editor de fotografia da revista Caros Amigos. Entre seus livros, destacam-se Walter Firmo – Antologia Fotográfica, 1989, Paris, Parada Sobre Imagens, 2001, Rio de Janeiro Cores e Sentimentos, 2002, e Firmo, 2005.

* Do site Enciclopédia Itaú Cultural

 

SAIBA MAIS

Coleção Walter Firmo – Luz em corpo e alma

Walter Firmo: Eu queria ser reconhecido como fotógrafo do preto e branco

MUITO PRAZER, WALTER FIRMO

 

Inscrições aqui

 

 


Postado por

Fechado para comentários.

http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-2.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22142.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22136.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22138.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-.html