NUS TRINK é uma proposição dos artistas Lucas Gouvea e Wellington Romário que mescla moda e artes, em um acontecimento performático que vai ocupar diferentes ambientes do casarão sede da Fotoativa.

 

O desfile, que conta ainda com a parceria do Estúdio Reator, acontece no sábado, 16 de setembro, e será realizado em três atos a partir das coleções N4N0, MIUZA e PÉ DE KABRA. As peças estarão à venda, como forma de apoiar a produção artística emergente.

 


Fotos de divulgação: Débora Flor

 

Às 17h, o Primeiro Ato apresenta a coleção MIUZA _ PISA MENES

Assinada por Byxa do Mato e Lucas Gouvea que adentram o universo ativado pela artista portoalegrense Luezley. MIUZA tem como mote intervir com imagens e customizações em roupas garimpadas em brechós. Apropriada por diversos artistas no território nacional, estrangeiro, e interdimensional, a proposta toma forma nas mãos da dupla paraense através do uso de memes e elementos do imaginário amazônico.

 


Foto: José Viana

O segundo ato, previsto para às 19h, será conduzido por Lucas Gouvea, com N4N0 _Te orienta!

Segundo o artista, o recorte desta coleção da marca é pensado no sentido de tornar-se oriente e buscar aflorar em si o que considera o oposto do que você é; uma trifurcação na estrada; um imperativo de mudança de paradigmas. Reconfortar-se. A coleção oscila entre vestimentas apropriadas para SPA ou Manicômios, passeando entre as fazendas de veludo, couros sintéticos e transparências. “Todo o dia eu me fantasio pra sair de casa”, comenta Lucas.

Segundo o artista, “As peças evidenciam o melhor que há dentro de você: mini-imensidões que vão do silêncio ao berro ecoando nas paredes do Casarão. Uma simplicidade ululante pintada sob a pele de quem não se limita a sonhar”.

 


Foto: Dudu Lobato

 

Para encerrar a noite, às 20h, o terceiro ato será conduzido por Wellington Romário com a apresentação da marca Pé de Kabra.

De acordo com o artista, HÁ ALGO DE ERRADO NISSO TUDO é uma coleção feita com coração dolorido e a revolta no sangue, vestir corpo pra guerra pra festa, o intuito é reverberar \ rasgar sempre que possível o silêncio viscoso posto em cima das inúmeras chacinas no estado do Pará, utilizando todos os meios, até que algo deixe de estar somente errado nisso tudo.

Sua proposta com a marca Pé de Kabra é conceber um instrumento de intervenção, “desobstruir meios é sua tendência.>>>> Joga com a moda a fim de espalhar mensagens acerca das distopias, utiliza diversos materiais não convencionais para construir grafias vestimentas”, afirma Romário.

 


Foto: Dudu Lobato

 

Estúdio Reator

O evento conta ainda com a participação especial de Nando Lima e Dudu Lobato, do Estúdio Reator, que se juntam ao processo propondo intervenções a partir de videoprojeções elaboradas exclusivamente para o desfile.

Acompanhe o processo no site do Reator

 

SERVIÇO

NUS TRINK
desfile de lançamento das marcas
MIUZA, N4N0 e PÉ DE KABRA

Quando? Sábado, 16 de setembro de 2017
Onde? Casarão da Fotoativa – Praça das Mercês, no 19 – Próximo ao Ver-O-Peso, de frente para seccional do comércio
Que horas? Primeiro Ato 17h. Segundo Ato 19h. Terceiro Ato 20h.

 

WELLINGTON ROMÁRIO
Ou Byxa do Mato, é artista visual, graduado pela UFPA. Desenvolve proposições que borram fronteiras de cotidianos comuns com os cotidianos da arte, nomeando-as de deslizamentos. Deslizar é in-preciso. Pensa e experimenta o texto; trabalha e sampleia imagens acessadas em arquivos públicos, internet e registros de celular; realiza falas como obra: apresentou-se na “31a Bienal de SP”, no “Seminário Internacional Desfazendo Gênero – BA” e no seminário “Perspectivas ‘Kuir’ nas práticas artísticas contemporâneas – SP”; atua junto aos grupos qUALQUER qUOLETIVO e “Égua Sarau”. Gosta de pintar as unhas; organiza encontros casuais montando espaços para trocas de ideias, afetos e fricções. Participou do projeto “Fotoativa em Residência – dois de cá, dois de lá”, e das exposições coletivas “Um tanto de nós” – Museu da UFPA, “Arte Pará 2015”, “Alastramento” – Ateliê 397, São Paulo, e “Transamazonica – Mostra Queer” – Bogotá, Colômbia.

 

LUCAS GOUVEA
O retrato do artista enquanto fungo. ou seria anfíbio? ou seria a insustentável lezeira do ser? Lucas não acredita em biografias, para ele, grafar sua bio na existência não pode se resumir a um parágrafo de texto; mas enfim, é pra isso que viemos aqui : estudou quando criança na escola da sua mãe: Escola Girassol, mais tarde formou-se técnico em design no antigo CEFET, logo depois formou-se em artes visuais pela UFPA onde criou com amigos o qUALQUER qUOLETIVO, grupo em que a alteridade e liberdade são princípios, se contradiz cotidianamente criticando o estado porém participando de Salões e Editais que poderia citar aqui, mas não tá afim. Filho do mundo. “Faça por onde que eu te ajudarei”. Signo de Peixes, Cavalo no horóscopo chinês, Cristal do Mago Branco é o seu kin maia. Uma grande mulher que acima de tudo é uma pessoa extrovertida, eclética, e poelítica. Lucas é a terceira pessoa, uma pessoa singular. Corpo Esguio, 2,05m de altura, 27 anos, olhos e cabelos naturalmente castanhos, hoje maltratado pela química, traços longilíneos, corpo sexy tatuado. Lucas Gouvêa Mariano de Sousa nascido no dia 21 de fevereiro de 1990, em campinas-sp, Lucas é sua vó, é seu pai, sua prima, e seu próprio filho. Lucas é satã e é deus, e pouco lhe importa a Virgem Maria.

 

Sobre as marcas e coleções

N4N0
MIUZA
PÉ DE KABRA

 


Postado por

Fechado para comentários.

http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-2.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22142.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22136.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22138.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-.html