FOTOATIVA PORTAS ABERTAS CIRCULAR #19

>> Atividades com Pagamento Consciente <<<

A medida certa entre seus recursos, aquilo que você estima que recebeu e a vida longa do projeto Fotoativa

 

YOGA NA FOTOATIVA

com Tunga Vydia a partir das 8h
Yoga é um movimento ancestral de amor, amor consigo mesmo e amor compartilhado, amor sem fronteiras, amor libertado, cheio de chamamento de felicidade. Atividade com pagamento consciente! Te esperamos.

 

 

CAFÉ NO JARDIM

De comer e saborear o tempo passar com tapioquinhas e outras delícias da Sandra.
Horário: a partir das 8h30.

 

MICRO OFICINAS

Experimentar é o mote! Vamos!? Tudo com pagamento consciente!

 

1. AQUARELA COM PIGMENTOS NATURAIS, com Débora Flor e Mariana Aguiar
Horário: 9h às 12h (duração 3h )
Público alvo: a partir de 14 anos
Esta oficina consiste em extrair pigmentos naturais de repolho roxo, cúrcuma, urucum e mastruz para criar uma paleta a partir das cores primárias e introduzir a técnica da pintura em aquarela para desenvolver imagens de uma memória afetiva acessada a partir de uma cor.

 


Extração de pigmentos durante o Dia Dos Professores é na Fotoativa

 

2. AVIÕES DE PAPEL, com João Mazzei.
Horário: 9h30 (duração 1h)
Público Alvo: adultos e crianças (a partir de 4 anos de idade)
Para quem deseja fazer aviões de papel para voar juntos!!! Que tal!?

3. ARTE Q COLA: FOTOGRAFIA E LAMBE LAMBE NA INTERVENÇÃO URBANA, com Renata Aguiar.
Horário: 9:30 (duração 2h)
Público Alvo: Todo mundo acima de 15 anos
Oficina de intervenção urbana que utiliza a fotografia e o lambe lambe como instrumentos de ocupação do espaço urbano monopolizado pela imagem midiática, objetivando a subjetivação não programada a partir do uso não utilitarista da imagem técnica.
Requisito: traga um dispositivo de captura de imagens (câmera ou celular)

 


Em Cadernos com Clara Mazzei

 

4. ORIGAMIS EM FIO, com Luisa Mazzei.
Horário: 10h (duração 1h)
Público Alvo: adultos e crianças (a partir de 10 anos)
O origami é uma técnica japonesa milenar de dobraduras de papel. Vamos compartilhar a feitura de alguns modelos e prendê-los em fios com miçangas que podem ser pendurados nos mais variados lugares.

5. EM CADERNOS, com Clara Mazzei.
Horário: 10h30 (duração 1h)
Público Alvo: adultos e crianças (a partir de 8 anos)
Fazer de forma simples seus próprios cadernos de anotações, desenhos, diários, álbuns etc em encadernações do tipo borboleta.

 


Gambiarra Fotográfica com Jorge Ramos

 

6. GAMBIARRA FOTOGRÁFICA ou COMO DIGITALIZAR SEU FILME FOTOGRÁFICO DE MODO ALTERNATIVO, com Jorge Ramos.
Horário: 14h às 18h (duração 4 h)
Público alvo: Fotógrafos amadores e profissionais
Quando se quer fotografar com filmes fotográficos ou reviver à memória aqueles guardados em caixas de sapato, geralmente depara-se diante de dificuldades que vão desde a revelação até a ‘digitalização’. Diante disso, a oficina propõe a pesquisa e construção de um modelo de ‘gambiarra’ para digitalizar filmes, um jeito eficaz para digitalizar com qualidade e de modo caseiro negativos fotográficos através de um princípio simples que consiste em re-fotografar os fotogramas.
Requisito: Traga seus filmes revelados e sua máquina fotográfica.

7. CADERNOS ARTESANAIS E RECICLAGEM CRIATIVA, com Débora Flor e Joseana de Souza.
Horário: 16h às 18h (duração 1h30 – 2h h)
Vagas: 6
Público alvo: a partir de 14 anos
A proposta da oficina é montarmos, juntos, cadernos feitos com reaproveitamento de materiais como: caixas de papelão, embalagens de papel, sobra de caderno velho, sobra de outros papéis (brancos e coloridos), revistas velhas ou pedaços de tecido para fazer aplicações nas capas dos cadernos, etc.
As técnicas de encadernação que utilizaremos são simples, com agulha e linha de algodão, crochê ou linha encerada.

 

LAB DE PROJETOS

O grupo Lab de Projetos da Fotoativa faz uma ocupação no piso superior do Casarão para abrir parte de seus processos criativos. Trabalhos estarão à venda.

 

PÔR DO SOL nas MERCÊS

CARIMBÓ SOM DE PAU OCO
No começo, era apenas um simples encontro de amigos. Depois, a brincadeira virou coisa séria, e daí surge o Carimbó Som de Pau Oco. O mais novo grupo de Carimbó de Belém que integra, na sua maioria, músicos profissionais, professores, pesquisadores, compositores e alunos. Todos, de certa maneira, trazem esse ritmo paraense muito presente em suas vidas.

 

 

Em meio à campanha para “tornar” o Carimbó um patrimônio cultural brasileiro, o Carimbó Som de Pau Oco desponta erguendo a bandeira da valorização e preservação desse ritmo, que é uma das mais antigas manifestações da cultura popular do Estado do Pará.

As composições do grupo ganham vida a partir dos temas do cotidiano e da inspiração dos batuques da infância, de cada integrante. Porém, é nos ensaios de Carimbó que o repertório autoral cresce, ganha corpo, e, ao mesmo tempo, força quando misturado às canções dos grandes mestres: Cupijó, de Cametá; Lucindo, de Marapanim; Verequete, de Icoaraci; entre outros grandes nomes do maior ritmo paraense.

Em tão pouco tempo de existência, o Carimbó Som de Pau Oco já se apresentou em diversos eventos. Na Festa do Ritmo da Fundação Carlos Gomes, no Projeto Música para Todos, da Empresa Vale, no Festival de Cultura de Verão, da Funtelpa, na seletiva do Festival Se Rasgum, no Espaço Coisas de Negro, em Icoaraci e na Black Soul Samba, do Palafitas, no bairro da Cidade Velha entre outros lugares de referência musical da cidade. Atualmente o grupo gravou seu primeiro CD, com 12 carimbós autorais. Então, é só aguardar que logo o Carimbó Som de Pau Oco estará tocando em sua casa.

 

 

NILTON DIAS
Técnico de Som parceiro da Fotoativa nas últimas edições do Circular, além de tudo, coloca um som na Praça, concentrando para o Carimbó.

 

CHAPÉU COLABORATIVO
Como forma de apoiar a produção artística que participa de forma colaborativa no evento, a equipe de gestão da Fotoativa vai passar o chapéu para garantir o básico para os músicos e técnico de som.

 

LOJINHA
Produtos Fotoativa + Livros e revistas de Arte, Educação e Patrimônio, para ler, comprar e compartilhar.

BRECHÓ FOTOATIVA
Desapego para circular as energias de casa. Várias novidades a cada aparição. Entre objetos, roupas, livros, discos e acessórios variados. Quiçá com lentes e filtros.

BANQUINHA DA TRIBU
Fios, tecidos, papel reciclado, látex e produtos reutilizáveis constituem a matéria prima com a qual a Da Tribu cria e produz suas peças exclusivas, em um empreendimento familiar que há oito anos atua no setor da moda da cidade.

QUITUTES DAS MANAS

Do meio da tarde em diante, o sabor regional começa a tomar conta da atmosfera, com a tradicional maniçoba e vatapá das manas Diná e Raquel, que te esperam no pôr-do-sol, sempre com novidades!

BAR FOTOATIVA
Água, Refrigerante, Tijuca Promo e Longneck puro malte durante o dia todo.

 

Orquestra Pau e Cordista de Carimbó no encerramento do Circular #18. Foto: Marcelo Lelis

 

#Compartilhe #TragaFamília #VemCircularBelém


Postado por

Fechado para comentários.

http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-2.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22142.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22136.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22138.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-.html