PROGRAMA DE RESIDÊNCIA – formação, pesquisa e produção

Fotoativa em Residência para pesquisas autônomas é um programa anual de residências que acolhe interessados em desenvolver pesquisas e/ou projetos na cidade de Belém/Pará em diálogo com a Associação Fotoativa. Arte, ciência, educação, memória e patrimônio são vetores possíveis de investigação para arquitetos, artistas, cineastas, educadores, escritores, estudantes, gestores e demais pesquisadores abrangendo diferentes áreas do conhecimento.
Para participar do programa, os candidatos devem encaminhar por e-mail carta de motivação, CV e portfólio (ver item como participar) até 1º de maio de 2019, indicando o período de permanência desejado, entre julho de 2019 e julho de 2020, a ser ajustado, se necessário, conforme disponibilidade de agenda da associação.
A seleção dos participantes será realizada pela equipe gestora do programa e colaboradores da Fotoativa, estando o limite de residentes condicionado até dois por período. O resultado da seleção será comunicado por e-mail aos inscritos até 20 de maio de 2019.
Este programa não conta com subvenção alguma e demanda investimento financeiro da parte do pesquisador selecionado. Leia atentamente a chamada e saiba como participar. Dúvidas, escreva para: residencia@fotoativa.org.br




Sobre a Fotoativa

A Fotoativa é uma associação cultural sem fins lucrativos em atuação em Belém/PA desde 1984. Ela se consolida como um núcleo de referência singular para o desenvolvimento e integração da fotografia no contexto sociocultural da região. E hoje é formada por um corpo de artistas, educadores e pesquisadores de diversas áreas em constante renovação, abarcando outras linguagens em suas práticas e reflexões.
Em seus mais de 30 anos de história, traz na experimentação a fonte do reinventar de cada dia. O fazer coletivo, inicialmente vinculado à fotografia, constitui sua espinha dorsal e firma sua essência em processos colaborativos e dialógicos. Práticas artesanais e lúdicas ganham especial fôlego em oficinas e ações junto a diferentes comunidades e populações da região. A educação, em sua acepção expandida, é um dos pilares de base que fazem da Fotoativa um movimento viral que se expande para além de suas paredes, através da instrumentalização sensível de educadores e curiosos. As dinâmicas de trocas e partilha afirmam a associação enquanto um potente lugar de encontro que se irradia a partir de uma programação que abrange desde rodas de conversas informais, grupos de estudos (pedagógicos, curatoriais e artísticos), ateliês práticos, passando por palestras, seminários, exposições, intervenções urbanas, até almoços e jantares que fortalecem ainda mais o espírito coletivo. A comunhão da diversidade de saberes é celebrada na construção do conhecimento, fazendo da pesquisa (seja acadêmica, experimental ou empírica) seu outro pilar de sustentação sempre em busca de novas formas de impulsionar o debate.
Em 2005, fixa sua sede em um Casarão do final do século XIX, no Centro Histórico de Belém, às proximidades do Complexo Ver-O-Peso e da beira da Baía do Guajará, desde onde agora realiza suas ações e cria raízes tal um lugar para a experiência.

Casarão Fotoativa. Foto: Carolina Venturini

Como participar do programa

O programa de residência consolida um braço permanente de acolha para pesquisadores de toda parte, proporcionando uma estada imersiva mais estendida e atuante na cidade, através de contato com as redes de relações construídas ao longo dos anos pela Fotoativa e seus colaboradores. Ao estabelecer um fluxo contínuo de pessoas de diferentes origens e ramos de atuação, o programa fomenta a construção de um conhecimento multifacetado e crítico na forma de perceber o mundo como continuidade de ações e reflexões propostas pela associação e diálogo com a cidade.
Nesse sentido, a expectativa com as residências é receber pessoas que também venham a somar, através de sua presença, às dinâmicas da casa e que delas façam parte de forma orgânica, pressupondo um ambiente de troca a ser estabelecido no espaço da Fotoativa.
Para participar do programa, os candidatos devem encaminhar sua inscrição até 1º de maio de 2019, através do e-mail residencia@fotoativa.org.br contendo em um único arquivo pdf (tamanho máximo 10Mb):

1 – dados do candidato: nome completo, e-mail, data e local de nascimento, endereço (cidade/país), CPF, telefone para contato (whatsapp se houver);
2 – indicação de período de permanência desejado, entre julho de 2019 e julho de 2020, a ser ajustado sob consulta, se necessário, conforme disponibilidade de agenda da associação;
3 – carta de motivação contendo informações sobre pesquisas/práticas anteriores, diretrizes da pesquisa a ser desenvolvida durante o programa e expectativas com relação à residência (até 500 palavras);
4 – cv resumido (1 página);
5 – portfólio com até 10 trabalhos recentes (somente artistas).
Indicar como título da mensagem – Programa Fotoativa em Residência 2019/2020.

A seleção dos participantes será realizada pela equipe gestora do programa e colaboradores da Fotoativa, estando o limite de residentes condicionado até dois por período. Todos os inscritos no processo seletivo serão comunicados por e-mail até 20 de maio de 2019 sobre o resultado da seleção.

Fotoativa em Residência 2015. Vivência de Fotografia e Imaginação, com Paula Sampaio
Foto: Jeyson Martins

O Programa de Residência compreende

  • Uso de sala/ateliê compartilhado com mesa, cadeira (individuais) e ventilador;
  • Acesso à internet;
  • Acesso aos espaços comuns da Fotoativa: cozinha, salão, living e jardim;
  • Acesso a ações da Associação e grupos de estudos (cursos não inclusos);
  • Acesso à biblioteca;
  • Apresentação pública sobre a pesquisa, com data a ser definida junto da equipe gestora do programa;
  • Agenda com agentes locais pertinentes à pesquisa a ser desenvolvida: artistas, curadores, educadores, gestores, pesquisadores e outros atores de interesse;
  • Acompanhamento: o residente conta com a interlocução de um artista, educador, gestor, e/ou pesquisador do espaço para o desenvolvimento de seu projeto, com encontros semanais a serem agendados in locu.
  • Possibilidade e suporte para desenvolvimento de atividade remunerada (curso, workshop, vivência, imersão, etc.), como forma de amortizar despesas ao longo da residência.

* O programa não compreende hospedagem. A Fotoativa dispõe de uma rede de colaboradores que pode auxiliar o pesquisador a encontrar acomodações adequadas para sua estada na cidade. Os encargos financeiros para este fim ficam sob inteira responsabilidade do residente.

** O programa não cobre custos com alimentação nem seguro saúde, ficando estes igualmente sob responsabilidade do pesquisador.

Salão da Associação Fotoativa. Foto: Divulgação

Tempo de residência / Investimento

O tempo de duração das residências pode variar de acordo com a proposta – mínimo 2 semanas, máximo 3 meses.

Tempo Valores em Reais* / Euros**
2 semanasR$ 1.200 / $ 600 Euros
3 semanasR$ 1.800 / $ 900 Euros
4 semanasR$ 2.400 / $ 1.200 Euros
Semana adicional: R$ 600 / $ 300 Euros
*Valores exclusivos para brasileiros, latino americanos e pesquisadores originários do sul global.
** Valores para pesquisadores do norte global, Europa, Estados Unidos, Canadá, Japão, Austrália e Nova Zelândia.

O valor correspondente ao tempo de duração da residência deve ser pago 60 dias (dois meses) antes do começo do programa através de transferência bancária.
Residências com duração a partir de 6 (seis) semanas podem solicitar parcelamento desde que o primeiro mês seja quitado previamente conforme observação acima.

Instalação Todas as águas, 2018 | Véronique Isabelle

Compromisso a ser assumido pelo residente-pesquisador

O pesquisador selecionado deve assinar termo de compromisso junto da Fotoativa a fim de garantir sua vaga no programa. Este será disponibilizado pela Fotoativa via e-mail para que seja devidamente preenchido e retornado à entidade por meio digital, junto de cópia simples de documento de identidade. O original assinado será entregue quando da chegada do residente em Belém.
Na última semana de residência, o pesquisador é convidado a apresentar publicamente seu percurso de pesquisa, seja através de uma fala pública, ateliê aberto, performance, workshop ou formato mais apropriado a ser desenhado junto da equipe gestora do programa.
No mês subsequente ao término de sua estada, o pesquisador compromete-se a disponibilizar breve relato (escrito, visual ou sonoro) sobre a experiência com o objetivo de alimentar a memória do programa Fotoativa em Residência a ser alocado no site da instituição.

Observações complementares

  • O restauro do Casarão sede da Fotoativa foi interrompido no final de 2015 e desde então encontra-se paralisado. Em 2016, foram feitos os reparos necessários para que fosse possível voltar a habitá-lo, porém suas instalações são adaptadas e não possuem acabamento fino;
  • Fornecemos carta-convite para captação de fundos;
  • Emitimos certificado de participação;
  • Informações adicionais e dúvidas: residencia@fotoativa.org.br
Travessia poética Breu das Horas, 2018 | José Viana

Postado por

Comunique-se conosco, deixe um comentário.


http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-2.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22142.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22136.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22138.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-.html