Na última semana do mês de abril aconteceram os encontros de encerramento (e novas aberturas) das duas turmas de iniciação à fotografia De Olhos Vendados com Miguel Chikaoka. Para celebrar as novas aproximações, compartilhamos um breve relato a partir das rodas de conversa e uma seleção de fotos do processo.

Encontro De Olhos Vendados - Turma 1. Foto: José Viana

Como arquitetura elementar dos encontros, tudo se principiava e se encerrava na roda. Foi assim que aconteceu na quinta-feira, na Kamara Kó, e depois no sábado da outra semana, no Casarão Fotoativa.

Primeiramente, uma rodada sobre as perguntas técnicas que haviam ficado. Uma certa tendência às dúvidas sobre o equipamento fotográfico, a utilização dos modos de foco, a relação entre lentes. “As muitas tecnologias”. Experiências em condições de luzes baixas e as velocidades.

“Meus filhos não aguentam mais que eu peça pra ficarem correndo”. Risos. Como disse Miguel para as duas turmas “Agora é que vocês vão começar.”

20150423_ultimoencontro-deolhosvendados1 (1)

Em seguida às perguntas técnicas, uma segunda rodada para reflexões e críticas sobre o processo. Sempre mediada por uma ampulheta com o tempo para cada fala, cuidando do tempo de todos. Os participantes presentes deram sequência.

“Não é um curso de fotografia”.

“Essa coisa do grupo, da formação do grupo”.

“Essencial para começar a entender o que é a fotografia”.

“A luz é a vida. Ela tá na vida e a fotografia brinca com isso”.

Encontro De Olhos Vendados - Turma 1. Foto: José Viana

A metodologia que vem sendo desenvolvida por Miguel nestes últimos 30 anos de pensamento-ação-reflexão tende a valorizar mais as dúvidas do que as certezas. As dúvidas tem o potencial de gerar a curiosidade, que pode levar a novos caminhos. Como sugestão dos participantes “discutir um pouco mais sobre conceitos” e “também sobre os enquadramentos”.

Encontro De Olhos Vendados - Turma 2. Foto: José Viana

Ambas as turmas tinham conformações muito diversas, transparecendo a potência da fotografia de estabelecer conexões transversais com as diversas áreas do conhecimento. “A abertura de um caminho, possível de descobrir”. De antropológos à práticos de navio. De parteiras à estudantes de artes visuais. De professores à juristas. De criativos à pesquisadores.

Encontro De Olhos Vendados - Turma 2. Foto: José Viana

“Tirando copinhos a cada aula”. Durante o processo, a relação com o tempo parece ter se dado por diferentes vias. O aprendizado por meio da experiência individual. A construção do conhecimento a partir do próprio fazer e do perceber. Alguém lembrou da “ansiedade diante a necessidade de logo dominar”.

“Quebrar a cara. Deixar de lado uma visão reducionista. A metodologia pôde permitir que eu me permitisse”.

“Um exercício contínuo de trabalhar minha ansiedade”.

“Puxar o freio de mão. Parar. Ouvir. Escutar”.

20150425_ultimoencontro-deolhosvendados2[jv] (12)

Em uma reflexão sobre processos pedagógicos, como contribuição metodológica. A pergunta de como potencializar os múltiplos conhecimentos que cada um carrega em si? Reflexão para levar adiante em todos os processos de vida.

“O interessante é descobrir que cada um me fez aprender uma diversidade”.

“O engajamento do grupo. Das relações sociais. Da cooperação. Coisas que vão além da fotografia”.

Entre interesses pessoais, de criação e de relação por meios educativos, fica como continuidade prática, a tarefa de realizar uma exposição em conjunto, que pode ter um tema, ou pode ser sobre o processo de cada um. A data é agosto de 2015, quando a Fotoativa completa 31 anos.

*Texto escrito por José Viana a partir de anotações das duas rodadas de conversa, respectivamente nos dias 23 e 25 de abril de 2015, com os participantes da primeira turma Ana Paula Campos, Breno  Luz  Morais, Daniela Cordovil, Eveline Sousa, Euclydes Coelho, João Alberto Campos, Josianne Dias, Liliam Cristina, Marcos Roberto, Monique Leão, Maria Regina e Vanessa de Aguiar, e da segunda turma, Afrânio Brito, Álvaro Pinto, Ana Maria Botelho, Andreyssa  Sayuri, Cilene Pereira, Elizabeth Gomes, Geysele Santa, Márcia Cristina, Mônica Lizardo, Sabrina Beatriz, Sâmia Batista, Sillena Ribeiro, Tiago Júlio e Yvana Crizanto.

Acompanhe abaixo um relato fotográfico do processo e exercícios das duas turmas De Olhos Vendados, com imagens produzidas/selecionadas por Miguel Chikaoka.


Postado por

Fechado para comentários.

http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-2.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22142.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22136.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22138.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-.html