A Associação Fotoativa promove desde 2002 o Colóquio de Fotografia e Imagem. A partir do encontro entre artistas e pesquisadores locais, nacionais e internacionais o evento propõe um espaço de reflexão crítica sobre a relação entre produção imagética e os diversos campos do conhecimento.

Através da organização de seminários, cursos, palestras, oficinas e mostras de arte o evento estabeleceu um fórum permanente de produção de conhecimento e troca de informações entre pesquisadores, profissionais e estudantes ligados ao campo da fotografia, da imagem e afins, no estado e fora dele.

coloquio de fotografia e imagem

[2002 | 2003]

As duas primeiras edições do Colóquio enfocaram a relação entre fotografia e produção do conhecimento. Pesquisadores locais como Patrick Pardini e Val Sampaio abordaram os diálogos entre a pesquisa imagética e o conhecimento histórico e semiótico. A antropologia visual, um dos campos mais fecundos da antropologia no Brasil, foi trabalhada pelo professor da Unicamp Etienne Samain. Na produção fotográfica, dois nomes de destaque da fotografia brasileira contemporânea apresentaram a singularidade da Belém urbana sob iluminação noturna, Alberto Bitar e Mariano Klautau Filho foram os autores da exposição “Noites Brancas”.

2002-i-coloquio-auditorio-do-museu-do-estado_800x5361
Público do 1º Colóquio no Museu do Estado do Pará, atual Museu Histórico do Estado do Pará.
Etienne Samain, Orlando Maneschy e Afonso Medeiros no 2 Coloquio
Etienne Samain, Orlando Maneschy e Afonso Medeiros no 2º Colóquio.
icoloquio2002
Convite da exposição “Noites Brancas”.

[2004]

A mediação entre fotografia e crítica foi o segundo ponto de análise trabalhado por pesquisadores, críticos e colecionadores de arte que integraram a terceira edição do Colóquio de Fotografia e Imagem. Nomes de projeção nacional como Arlindo Machado, Joaquim Paiva e Tadeu Chiarelli revisitaram a crítica fotográfica a partir de questões das artes visuais no contemporâneo.

Patrick Pardini Mariano Klautau e Arlindo Machado no debate sobre fotografia documental realizado no 3 Coloquio
Patrick Pardini, Mariano Klautau Filho e Arlindo Machado no debate sobre fotografia documental realizado no 3º Colóquio.

[2005] 

O eixo “Identidade e Percepção” demonstrou a pluralidade de questões acionadas pela presente pesquisa e produção imagética no reconhecimento das transformações na dinâmica das relações humanas, nas novas tecnologias da imagem e na relação entre identidade individual e coletiva. Alguns recortes sobre o tema foram feitos por pesquisadores do Pará como o professor Ernani Chaves além das participações do curador Eduardo Brandão, a artista Élida Tessler, a curadora de fotografia Rosely Nakagawa, e a fotógrafa equatoriana Lucía Chiriboga, que expôs seu processo de criação artística.

Mesa identidade e percepcao com elida Tessler Ernani Chaves e Eduardo Brandao, na UFPA durante o 4 Coloquio
Mesa “identidade e percepção” com Élida Tessler, Ernani Chaves e Eduardo Brandão, no Núcleo de Arte da UFPA (atual ICA) durante o 4º Colóquio.
A artista equatoriana Lucia Chiriboga em palestra sobre seu processo de producao
A artista equatoriana Lucía Chiriboga em palestra sobre seu processo de produção.

[2006]

As questões em torno da crítica, identidade e percepção, desdobradas em edições anteriores do Colóquio, foram incorporadas na reflexão sobre os procedimentos adotados na criação artística a partir da imagem. O tema “Processos e Poéticas” recebeu contribuições dos artistas-pesquisadores Mário Ramiro da USP e Sandra Rey da UFRGS, que ministrou também a oficina “Laboratório de Criação”.

publico no auditorio do IAP durante palestra de Mario Ramiro no 5 Coloquio
Público no auditório do IAP durante palestra de Mario Ramiro no 5º Colóquio.
Sandra Rey em sua palestra no Coloquio Processos e Poeticas
Sandra Rey em sua palestra no Colóquio “Processos e Poéticas”.

[2007]

A fotografia e seus diversos suportes e materialidades foram explorados no segmento “Materialidades da Fotografia”. Desde o experimentalismo histórico observado e pesquisado no campo das vanguardas modernas até as experiências e consolidações da imagem na arte visual contemporânea, como as instalações, projeções, arte pública e intervenções foram analisadas pelo pesquisador paulista Ricardo Mendes, o artista visual cearense Sólon Ribeiro e o artista/pesquisador Orlando Maneschy, professor da UFPA. A programação incluiu também o seminário “Vilém Flusser: aproximações rumo às artes visuais e à fotografia” de Ricardo Mendes e a leitura de portfólio com Orlando Maneschy, Solon Ribeiro e Guy Veloso. A exposição coletiva “Fotográfico”, com curadoria de Mariano Klautau Filho, incluiu fotografias, pinturas, objetos e vídeos reunidos em torno da experiência fotográfica na produção de imagens.

Projecao de imagens durante palestra de Solon Ribeiro
Projeção de imagens durante palestra de Solon Ribeiro.
Obra de Roberta Carvalho que integrou a exposicao Fotografico
Obra de Roberta Carvalho que integrou a exposição “Fotográfico”.
Obra de Flavio Araujo que integrou a exposicao Fotografico
Obra de Flávio Araújo que integrou a exposição “Fotográfico”.

[2008]

Na sétima edição do Colóquio “Imagem-cidade” foi o mote para público e convidados debaterem a cidade como referência e material de expressão do artista visual. Nesse campo figuraram a fotografia urbana em sua tradicional acepção até as experiências da arte pública, ações e intervenções que fazem da cidade o tecido sobre o qual o artista pode operar em suas várias sintaxes e suportes, assim como no novo campo de significados para a poética fotográfica presente nas relações existentes entre imagem estática e imagem em movimento. As discussões receberam contribuições do jornalista, fotógrafo e curador Eder Chiodetto, do professor da UFRGS Alexandre Santos, do pesquisador Daniel Sosa, coordenador do Centro Municipal de Fotografia de Montevidéu, e dos professores José Reinaldo Martins da UFMA e Rosa Cláudia Pereira, da UFPA. A coletiva “Escrituras”, com curadoria de Eduardo Kalif, expôs trabalhos que dialogavam com o tema do evento.

Eder Chiodetto na palestra Cidades lugares que nao existem
Eder Chiodetto na palestra “Cidades: lugares que não existem”.
Daniel Sosa na apresentacao Centro Municipal de Fotografia de Montevideo la construccion de un espejo con memoria de la ciudad
Daniel Sosa na apresentação “Centro Municipal de Fotografia de Montevideo, la construcción de un espejo con memória de la ciudad”.
Alexandre Santos na palestra Alair Gomes entre flaneur e voyeur
Alexandre Santos na palestra “Alair Gomes: entre flaneûr e voyeur”.
Leitura de Portfolio com Eder Chiodetto e Alexandre Santos
Leitura de Portfólio com Eder Chiodetto e Alexandre Santos.
Publico na exposicao coletiva Escrituras
Público na exposição coletiva “Escrituras”.

É importante destacar a parceria institucional que a Fotoativa firmou com o Instituto de Artes do Pará – IAP e o Instituto de Ciências da Arte – ICA da Universidade Federal do Pará na realização das edições aqui apresentadas do Colóquio de Fotografia e Imagem. Com o objetivo em comum de fortalecimento do processo de formação de estudantes, artistas pesquisadores e da sociedade em geral nas diversas questões do mundo contemporâneo que podem ser pensadas a partir da imagem, as duas instituições parceiras ofereceram apoio em recursos humanos e na logística dos eventos.

[2009]

Com o título Filosofias da Imagem: poéticas da caixa preta, o 8º Colóquio de Fotografia e Imagem, contou com um ciclo de palestras com renomados pesquisadores paraenses. Cada pesquisador convidado abordou uma obra de referência do pensamento estético contemporâneo e debateu com o público e um mediador convidado.

No fórum de pesquisa jovens pesquisadores locais expuseram pesquisas em artes visuais produzidas a partir de trabalhos acadêmicos e processos de criação artística.

Acesse o blog do 8º Colóquio de Fotografia e Imagem
http://coloquiodefotografiaeimagem.blogspot.com

beneditonunes-e-ernanichaves-coloquio2008-foto-irene-almeida-7
“Imagem e Fenomenologia” palestra de Benedito Nunes com mediação de Ernani Chaves. Foto: Irene Almeida.
Fotografia de Mario Cravo Neto projetada por Mariano Klautatu Filho - coloquio 2008 - Foto Irene Almeida
Fotografia de Mario Cravo Neto projetada durante a palestra de Mariano Klautatu Filho. Foto: Irene Almeida.
Ernani Chaves analisa Susan Sontag sobre os retratos de Walter Benjamin Foto Irene Almeida
Ernani Chaves lê as análises de Susan Sontag sobre os retratos de Walter Benjamin. Foto: Irene Almeida.
Natali Ikikame e Simone Moura Foto Irene Almeida
Natali Ikikame e Simone Moura. Foto: Irene Almeida.
Fabio Castro sobre a obra A camara clara de Roland Barthes -coloquio 2008 - Foto Rafael Araujo
Projeção durante a palestra de Fábio Castro sobre a obra “A câmara clara” de Roland Barthes. Foto: Rafael Araújo.
A abstracao na macrofotografia de um dente - pablomufarrej - coloquio 2008- foto Irene Almeida
A abstração na macrofotografia de um dente. Foto: Irene Almeida.

[2013]

Este ano o evento homenageou as “Autografias”, momentos de reflexão coletiva a partir de leituras sobre a obra ou parte do trabalho de um autor significativo para a história da fotografia. Organizadas pelos fundadores dos grupos FotoPará e Fotoativa, as autografias marcaram a trajetória de muitos artistas e pesquisadores atuantes no movimento fotográfico da cidade na década de 1980.

Ao contribuir com a produção dessa memória, colóquio também abriu espaço à discussão das questões emergentes em um dos principais eixos do pensamento fotográfico: a dialética de questionamento e afirmação da noção de autoria no campo da produção de imagens.

Acesse informações completas sobre o 9º Colóquio Fotografia e Imagem: Autografias
http://fotoativa.org.br/coloquio

 

Mesa-Redonda “Um Lugar para que a fotografia possa agir”
com João Castilho e Alexandre Belém
realização: CêsBixo Coletivo Multimídia

Mesa-Redonda que trouxe discussões a partir do artigo publicado na revista Sueño de la Razón por Alexandre Belém e Georgia Quintas.

Autografia de Rodrigo Braga por Alexandre Sequeira
Realização: CêsBixo Coletivo Multimídia

‘Autografia’ onde Alexandre Sequeira fala da trajetória de Rodrigo Braga, artista visual nascido em Manaus em 1976 e formado em Belas Artes pela Universidade Federal de Recife. Em trabalhos que, por vezes, dialogam com sua vida, Rodrigo concebe metáforas que restauram seus laços íntimos com a natureza e a vida. Seu processo criativo envolve entrega ao exercício da criação com a força de um ritual ao lançar mão de seu próprio corpo como lugar para experiências. Convocando sentimentos por vezes ambíguos e conflitantes, as criações de Rodrigo Braga nos desafiam a rever valores fundamentais por sua rede sensória encenada, religando-nos à terra ou intermediando um espaço limite entre a vida e a morte.

 

Autografia de Miguel Rio Branco por Mariano Klautau
Realização: CêsBixo Coletivo Multimídia

‘Autografia’ onde foi apresentado um breve panorama do percurso do artista com a projeção de imagens realizadas para os livros “Dulce Sudor Amargo”, “Nakta” e “Silent Book”, obras que marcam sua estética construída na narrativa entre o documento e o poético.

Autografia de Robert Smithson por João Castilho
Realização: CêsBixo Coletivo Multimídia

‘Autografia’ onde João Castilho falou a partir de um recorte dos trabalhos de Robert Smithson que envolvem a fotografia, foi visto como o conceito de “entropia”, noção central em sua obra, funda sua linguagem fotográfica, bem como esses trabalhos participam de uma renovação artística da fotografia fora da tradição documental.

Autografia de Rogério Reis por Alexandre Belém
Realização: CêsBixo Coletivo Multimídia

‘Autografia’ onde Alexandre Belém fala Sobre Rogério Reis, que descobriu a fotografia com o prof. George Racz nas oficinas de arte do MAM-RJ nos anos 70. Trabalhou como fotógrafo repórter no Jornal do Brasil, O Globo, revista Veja e participou do grupo F4 de fotógrafos independentes nos anos 80.

Leitura de Portfólio com Mariano Klautau e Alexandre Belém
Realização: CêsBixo Coletivo Multimídia

 

Workshop Fotografia na Arte Contemporânea com João Castilho
Realização: CêsBixo Coletivo Multimídia

Workshop que fez parte da programação do 9º Colóquio Fotografia e Imagem, o Workshop analisou diversos momentos e eixos conceituais da imagem fotográfica nos últimos 50 anos através da obra de artistas e fotógrafos. Discutiu a circulação dessas obras em circuitos essenciais como as bienais, as galerias e as coleções. Apresentando a obra de João Castilho evidenciando exposições, projetos e livros de artista.

Mesa-Redonda “Belém e a fotografia nos anos 80: relatos e questões”
Realização: CêsBixo Coletivo Multimídia

Mesa-Redonda onde foram apresentadas questões e dados históricos sobre uma fase embrionária do movimento fotográfico que se formou na década de 1980 em Belém. Também Foram abordadas as mostras e eventos realizados, grupos que se formaram e oficinas e intervenções públicas que configuraram o ambiente para a criação do FotoPará e Fotoativa. Patrick Pardini, Luiz Braga e Mariano Klautau Filho relataram experiências, pesquisas realizadas e discutiram a história recente do movimento de fotografia em Belém.

Publicação organizada por Ionaldo Rodrigues
Núcleo de Pesquisa e Documentação / Fotoativa

http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-2.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22142.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22136.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-d22138.html http://www.fotoativa.org.br/blog/nike-tn-.html